Cidades da Imaculada e Cavaleiro da Imaculada nos outros países

Em uma outra ocasião, São Maximiliano queixava-se que o órgão da Milícia da Imaculada, a saber, a revista que agora é editada apenas em polonês e japonês, seja tão pouco difundido:

Porquanto existem quase dois bilhões de pessoas no mundo, e o ´Cavaleiro da Imaculada´ conta atualmente apenas 750 mil exemplares. E para que cada família leia a revista, o que evidentemente seria de desejar, seria necessário publicar duzentas milhões de exemplares, admitindo-se que cada família se componha de dez pessoas. Vocês estão vendo, portanto, que não nos cabe o descanso, visto que todo homem deve ler o ´Cavaleiro da Imaculada´, que por isso também deve ser publicado em todas as línguas“.

No Japão a leitura está se expandido, e por isso os pagãos aceitam de muito bom grado a revista que lhes é enviada. Primeiramente leem, refletem, e a seguir, por intermédio das fichas anexas, dirigem-se a nós pedindo-nos que lhes ajudemos a conhecer a nossa religião. As pessoas que fazem esses pedidos são encaminhadas à missão mais próxima, e a seguir a graça divina realiza tudo”. (Roma, terça-feira 23.05.1933)”.

… avançaremos com o crescimento da Milícia da Imaculada no estrangeiro. Então, poderemos pensar da fundação de novos postos da missão, enviar grupos de dois padres e quatro irmãos para países longínquos com o objetivo de fundar novas Cidades da Imaculada e de propagar a ideia da Milícia da Imaculada. Atualmente, temos relativamente muitos irmãos desejosos de partir em missão, mas há poucos padres. Os países que esperam a chegada dos novos missionários, com o objetivo de fundar Cidades da Imaculada, são em primeiro lugar a Índia e o Brasil”. (Niepokalanow, Domingo de ramos, 10.04.1938).

A Ordem dos Frades Menores Conventuais espalhada nos 67 países do mundo propaga a Milícia da Imaculada e é fiel à herança kolbiana. Alguns países construíram certas Cidades da Imaculada ou parecidas casas como centros da Milícia da Imaculada. Alguns publicam a revista do ´Cavaleiro da Imaculada´ ou semelhantes revistas marianas, divulgando o apostolado da MI. Mais significativos deste tipo centros marianos – conventos da Imaculada e com as publicações das revistas do Cavaleiro, estão atuando na Itália, nos Estados Unidos, no México, no Paraguai, na Venezuela, na Espanha, na França, na Rússia, na Índia, na Bielo-Rússia e na República Tcheca.

Diz São Maximiliano: “Defender a religião para nós, milicianos da Imaculada, é pouco: devemos sair da fortaleza e, confiantes em nossa Conduta condutora, ir entre os inimigos e buscar corações para conquistá-los à Imaculada”.

“Quando se trata da sua causa não existem ´mas´. Obedecer-se-á sempre, mesmo se nos for ordenado ir a Moscou, à Espanha e ao México. Iremos…”.

“Quando, Senhora, reinareis nos corações de todos e de cada um em particular?
Quando todos os habitantes da terra Vos reconhecerão como Mãe, e ao Pai do céu como Pai, e assim, finalmente, se sentirão como irmãos?”.

“Concede-me louvar-Te, ó Virgem Santíssima.
Concede-me louvar-Te com o meu empenho e sacrifício pessoal.
Concede-me viver, trabalhar, sofrer, consumar-me e morrer por Ti, somente por Ti.
Concede-me conduzir a Ti o mundo inteiro.
Concede-me contribuir para uma maior exaltação de Ti, à maior exaltação possível de Ti.
Concede-me render-Te uma tal glória que ninguém jamais Te rendeu até agora.
Concede a outros superar-me no zelo pela Tua exaltação, e a mim, superá-los, de tal modo que, numa nobre emulação, a Tua glória aumente sempre mais profundamente, sempre mais rapidamente, sempre mais intensamente, como deseja aquele que Te exaltou, de uma maneira mais inefável, acima de todos os seres”.

 Frei Casimiro Cielisk, OFM Conv. 

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.